Incêndios seguem descontrolados na Califórnia e Belo Horizonte se recupera de inundações

(Foto: Megan Diskin/ AP)

Mais de 1 mil bombeiros trabalham para controlar o incêndio de grandes proporções que atinge as regiões de Santa Ana e de Ventura, na Califórnia (EUA).

Autoridades estimam que mais de 12 mil casas estejam ameaçadas, mais de 27 mil tenham sido obrigadas a deixar as suas residências e 250 mil casas estão sem energia por causa do incêndio.

As chamas estão sendo atiçadas pelos fortes ventos, que chegam a até 115 km por hora. Segundo meteorologistas, as rajadas devem permanecer intensas ao longo da semana, dificultando o trabalho dos bombeiros.

Enquanto isso no norte do estado, bombeiros tentam apagar o Incêndio Creek, que forçou a saída de moradores de 2.500 casas e já destruiu cerca de 30 estruturas.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência e liberou recursos para assistência. O prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, também declarou um estado de emergência na cidade.

Brasil

A região de Belo Horizonte (MG) se recupera do grande volume de chuva nos últimos dias, que deixou danos, três mortos e três pessoas desaparecidas.

Entre as localidades mais atingidas estão Caeté, Ribeirão das Neves, Pedro Leopoldo, Rio Casca e Santa Cruz. Aproximadamente, 1 mil pessoas tiveram as casas alagadas e precisam de água, comida e remédios.

Para ajudar as vítimas das inundações, a Defesa Civil está arrecadando produtos de higiene pessoal, materiais de limpeza, colchões, roupas de cama, cobertores e fraldas infantis. Os itens podem ser entregues em qualquer batalhão da Polícia Militar. Para mais informações, clique aqui.

** Com informações da Reuters