Sábado é Dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios

(Foto: Pixabay)

Amanhã (16), diversas cidades vão se unir ao redor do mundo para limpar as praias e rios.

A iniciativa faz parte do International Coastal Cleanup (Dia Mundial de Limpeza), um projeto criado pela ONG Ocean Conservancy, uma organização que atua para proteger os oceanos dos desafios que eles enfrentam.

Atualmente, o descarte de lixo plástico é um dos maiores desafios enfrentados pelos oceanos. Um estudo da Fundação Ellen MacArthur revelou que a quantidade de lixo plástico nos oceanos deverá superar a de peixes em 2050.

Para impedir que o lixo nas praias, costas e cursos de água vão para os rios e oceanos, a organização mobiliza voluntários para limpar as praias e os rios. O objetivo é conscientizar sobre a importância de cuidar do meio ambiente.

Estima-se que 35 milhões de pessoas participem da iniciativa por ano. Apenas em 2015, mais de 18 milhões de quilos de lixo foram coletados por 800 mil voluntários durante a ação no mundo. Para se ter uma ideia, já foram recolhidos desde pontas de cigarros e invólucros de comida até equipamentos de pesca abandonados, automóveis e utensílios de cozinha.

No Brasil, atividades estão programadas nos estados da Paraíba, Bahia, Sergipe, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, para este sábado.

Em Niterói (RJ), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS) estabeleceu oito pontos com atividades das 08h às 12h. Quase mil pessoas já se inscreveram, assim como instituições particulares de ensino, equipes de escoteiros e de canoagem, o Instituto Baía de Guanabara, o Projeto Aruanã e representantes da iniciativa privada também vão participar.

“Pelo grande número de inscritos que já temos, a expectativa é de sucesso. A importância principal é a de cunho educacional, de conscientização. Com uma ação como essa, estamos cumprindo oito dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: o 3 (saúde e bem-estar), 4 (educação de qualidade), 6 (água potável e saneamento), 11 (cidades e comunidades sustentáveis), 12 (consumo e produção responsáveis), 13 (ação contra a mudança global do clima), 14 (vida na água), 15 (vida terrestre) e 17 (parcerias e meios de implementação)”, disse Gabriel Mello Cunha, subsecretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade.

Em São Paulo, o Instituto Terra & Mar promove atividades em 20 praias, nas ilhas Montão de Trigo, Arquipélago de Alcatrazes e no Rio da Reserva du Moulin de São Sebastião. Segundo a prefeitura de São Sebastião, a ação espera contar com a colaboração de 500 voluntários locais e de turistas.

Na baixada santista, as equipes sub-11 e sub-13 do Santos Futebol Clube participarão do mutirão de coleta de lixo promovido em parceria do Instituto Mar Azul com o Santos FC e a Secretaria de Meio Ambiente da cidade de Santos, para promover a conscientização ambiental.

A ONU Meio Ambiente promove entre os dias 16 e 24 de setembro a campanha #SemanaMareslimpos, que visa realizar ações de limpeza nas praias e fazer um panorama do lixo nas praias brasileiras.

As informações coletadas sobre o lixo serão contabilizadas e enviadas ao Ministério do Meio Ambiente para subsidiar a elaboração do Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar.

Para participar é necessário realizar inscrição pelo site www.bit.ly/CadastroMaresLimpos. Os grupos inscritos receberão um pacote da campanha com cartilha de orientações sobre como realizar a limpeza, fichas de catalogação do lixo encontrado e material da campanha para impressão.

** Com informações das prefeituras de Niterói e São Sebastião, da ONU Meio Ambiente e do Santos FC.